Linha Boazinha

O suave sabor de Minas

As cachaças envelhecidas em barris de bálsamo são conhecidas pelo seu sabor suave e aroma intenso de ervas. A cachaça Boazinha, armazenada por 4 anos nessa madeira, reúne o melhor dessas qualidades, que agradam o paladar e o olfato.

Inspiração

De Minas para o mundo.

Se hoje a cachaça ganhou o mundo, isso se deve à exigência do paladar mineiro. A Boazinha, com seu sabor suave e levemente adstringente, representa Brasil e mundo afora o bom gosto da região em que foi criada: Minas Gerais.

    • Graduação Alcoólica
    • 42%
    • Tempo de armazenamento
    • 4 anos
    • Madeira
    • Bálsamo
  • Cachaça Boazinha 120 ml

    Boazinha 120 ml

  • Cachaça Boazinha 670 ml

    Boazinha 670 ml

  • Cachaça Boazinha 600 ml

    Boazinha 600 ml

  • Cachaça Boazinha 1 l

    Boazinha 1 L

  • Aparência

    Dourada, límpida e brilhante.

  • Aroma

    Possui aromas herbáceos com notas de frutas secas e anis.

  • Sabor

    Sabor suave com notas de anis e acidez equilibrada.

Como Servir

Assim como acontece com toda a linha Seleta, a Boazinha é muito saborosa se servida pura à temperatura ambiente. Mas também fica ótima gelada: consumida dessa forma, ela libera menos vapores e fica menos volátil. Seu sabor fica mais leve, o efeito do álcool no paladar e no aroma suaviza, e a bebida evolui no copo, enquanto a temperatura sobe. As combinações com drinks e na culinária proporcionam maravilhosos resultados. Experimente!

  • 0 a 20 °C.

  • Copo de dose ou shot, taça para cachaça.

Harmonização

A intensidade do seu aroma e a leveza do seu sabor a tornam o melhor acompanhamento para pratos com carnes vermelhas, embora seja grande a sua versatilidade. A harmonização com Boazinha vai do tradicional churrasco aos pratos típicos da cozinha mineira, como o feijão tropeiro e o leitão à pururuca. Mas, claro, uma boa cachaça não se restringe a um único tipo de comida ou carne. Experimente também com carnes brancas, frutos do mar, canapés de sabor suave, ovos de codorna, macadâmia, queijos brancos, conservas, batata sauté ou mesmo frutas, como carambola, pêssego, melão e manga.