Nota dez na cama: o que fazer para melhorar a performance

Postado por: Jardel Rodrim | 01-outubro-2017
nota dez na cama

Vamos começar este texto falando uma coisa muito importante: nota dez na cama não é pra tirar onda com os amigos e muito menos para agradar o crush apenas.

E também não é algo absoluto, do tipo “faça isso e se torne um deus ou deusa do sexo. A ideia aqui é aprimorar as experiências e viver a vida fazendo o que é bom.

Em outras palavras, se você é do tipo convencido e paga de especialista, pode estar é parado no tempo.

Por exemplo, sabe aquelas pessoas que acham que arrasam na cama, mas nunca mais conseguem marcar um encontro depois da primeira noite? Isso é um sinal forte de que algo está errado.

Enfim, chega de papo. Vamos às dicas para melhorar a performance e conseguir uma nota dez na cama!

A regra do sem regra

A primeira regra para ser bom de cama é: não existe regra!

Certo, agora você ficou decepcionada ou decepcionado. Mas, embora pareça, isso não vai complicar mais as coisas. Vai, isso sim, ficar mais fácil de compreender. Pense que cada pessoa é de um jeito e tem gosto pra tudo neste mundo.

O que nos leva à nossa segunda dica.

Use a boca

Epa! Já pensou sacanagem, hein. Calma lá que ainda não entramos no mérito do assunto. Estamos falando de usar a boca para conversar, saber o que o parceiro gosta.

E o momento para essas conversas é qualquer momento! Falem sobre suas preferências antes, durante e depois do sexo. Afinal, quem tem boca vai a Roma, não é verdade?

Use os ouvidos

Bom, não adianta nada falar se quem está do outro lado não escuta. Então, já sabe, né.

Outra coisa: coloque em prática o que você ouvir e tente agradar o parceiro ou parceira. Se houver essa disposição dos dois lados, não tem como dar errado.

É claro que sexo é um assunto tabu para muitas pessoas. E acredite, por mais descolado que alguém pareça, são grandes as chances de o assunto “gostos pessoais na cama” não evoluir.

Então, vai ser necessária uma dedicação de ambas as partes para superar esse problema e chegar num nível de diálogo saudável sobre o assunto.

Use o sex shop

Se o papo evolui e a intimidade com o parceiro também, chegou a hora da próxima etapa: os brinquedos!

Muita gente tem preconceito ou vergonha de usar artigos ou de ser flagrado no sex shop. Esse, no entanto, é um problema que tende a desaparecer com o tempo e a internet.

Hoje em dia, dá pra comprar e receber tudo em casa.

Então, fica a dica: como tudo o mais no sexo, o que conta é respeitar o gosto de cada um. Logo, vá com cuidado: não é bom que os presentinhos pareçam ousados demais no início.

O básico é saber que não há fórmula para ser nota dez na cama que não passe por uma boa conversa. E estar sempre aberto a mudanças, afinal, cada parceiro tem seu próprio “sistema de avaliação”.

Entendeu? Entendeu?

Siga a Seleta nas redes sociais! Já conhece os nossos perfis do Instagram e do Facebook?