6 curiosidades sobre cachaça artesanal que você tem que saber

Postado por: Jardel Rodrim | 08-setembro-2017
cachaça artesanal

Dentre todas as bebidas servidas no Brasil, a cachaça artesanal é, com certeza, a que mais faz parte do nosso dia a dia e imaginário nacional. Na caipirinha, na gastronomia e mesmo nas brincadeiras de boteco, sua imagem é sempre lembrada.

Como você já deve ter sacado lendo este blog, a cada dia ela fica mais diversificada, mais parte da noite, da balada e da vida dos jovens.

Mesmo assim, tem muita coisa sobre cachaça que você não sabe. Quer a prova? Então confira as nossas 6 curiosidades favoritas sobre a cachaça artesanal:

#1. A cachaça artesanal tem mais de 500 anos

Os escravos foram os primeiros a tomar cachaça no Brasil.

Eles bebiam para ter energia e aguentar o trabalho duro. Embora a origem da bebida tenha se dado para atender essa triste realidade, as coisas mudaram. A escravidão acabou e a cachaça conquistou pessoas de todas as classes sociais.

Hoje, ela comemora seus 5 séculos mirando em outros públicos, locais e horários de consumo.

#2. É um dos destilados mais consumidos do mundo

Algumas fontes afirmam que a cachaça é o décimo destilado mais consumido no mundo. Outras, dizem que é o terceiro! Não importa. O mais legal é saber que essa bebida tipicamente brasileira já ganhou o planeta.

Como você se sente sabendo que alguém de outro país pode estar abrindo uma Seleta neste momento? A gente também é tipo exportação!

#3. Os Estados Unidos só consomem cachaça brasileira

Só pode entrar em território dos Estados Unidos a cachaça produzida no Brasil. Essa rígida medida de controle de qualidade da terra do Tio Sam mostra que a gente tem moral internacional nesse quesito.

Pra falar a verdade, eles até que demoraram pra se tocar, não é mesmo? A gente por aqui já sabe disso faz tempo…

#4. Cachaça artesanal e aguardente não são sinônimos

Aguardente é uma palavra usada para falar de qualquer tipo de bebida destilada, com qualquer teor alcoólico. Já a nossa cachaça resulta da fermentação de cana-de-açúcar e tem teor alcoólico entre 38 e 48%.

Não vai confundir mais, hein?

#5. Ela abre o apetite

Se você achava que esse negócio de tomar uma pra abrir o apetite era conversa de bebum, se enganou redondamente. A cachaça consome glicose do organismo, o que abre o apetite.

Viu como muita coisa que a gente vê com preconceito tem embasamento científico? Nada mal umazinha pra dar fome, né.

Já conhece a nossa página do Facebook e o perfil do Instagram? Curte a gente lá pra ver receitas de drink e outras maravilhas da cachaça na sua timeline!